Ir para conteúdo

REVISTA ZANZA: A cidade no cinema, a arte na cidade | Submissão de textos

Está aberto o período de submissão de textos para a primeira edição da Revista Zanza!

Até o dia 31 de março, estaremos selecionando textos originais nos seus mais variados formatos (críticas, ensaios e poesias, entre outras possibilidades) que versem sobre o tema “A cidade no cinema, a arte na cidade”.

A publicação pretende reunir produções que abordem as cidades – mineiras, brasileiras e internacionais -, num movimento de valorizar alguns gestos cinematográficos atrelados às ruas e ao vaguear dos corpos por diferentes espaços urbanos.

Aqui, buscamos expandir as frentes do cinema para além do olhar como perspectiva única e primeira, de forma a caminhar pelos estímulos afetivos e físicos que a cidade provoca no corpo, influenciando de diversas maneiras a imagem e o som. Olhar para além da superfície, em busca de atalhos, trajetórias inesperadas, vias pouco exploradas. Olhar em busca das contradições que movem uma cidade viva e os possíveis horizontes que elas podem abrir para um corpo em movimento.

A ideia é reunir reflexões que, a partir de um filme ou de um conjunto de obras audiovisuais, compartilhem impressões sobre essa profícua relação existente entre o cinema e a cidade, tão presente em diversas obras do cinema histórico e contemporâneo. Por isso, nos interessa receber propostas que dialoguem com esse tema a partir de variadas perspectivas ou temporalidades, tais como: a relação entre cinema feminista brasileiro e cenas de levante de mulheres nas ruas; Belo Horizonte pelos olhos do cinema independente mineiro; a paisagem periférica brasileira a partir de olhares dissidentes no cinema; as manifestações populares no cinema direto; as relações entre cinema e luta nos filmes que enquadram movimentos pelo direito à moradia e terra; investigações sobre espaço e território nos filmes produzidos por pessoas indígenas e quilombolas; o cinema negro brasileiro e a construção de espaços de resistência nas cidades contemporâneas; entre muitas outras possibilidades.

Para participar, basta preencher o formulário a seguir, descrevendo o argumento do texto que você deseja submeter em até 1000 caracteres (com espaço). Os textos devem ser inéditos, sem publicação prévia em outros sites, catálogos ou revistas. Para os direitos de reprodução da obra, será pago um valor de R$500,00 às pessoas selecionadas, mediante apresentação de nota fiscal.

Serão selecionadas 10 propostas para compor o primeiro volume da Revista. Será acordado um período para que cada autor(a) consiga escrever o texto inscrito e entregá-lo à coordenação editorial da Revista, composta pelos membros do coletivo. Eles serão responsáveis pela revisão e edição do conteúdo.

Sobre a Revista Zanza

O primeiro volume da Revista Zanza terá como tema “A cidade no cinema, a arte na cidade”. A proposta busca contemplar as inter-relações que podem ser feitas entre cinema e audiovisual, além de outras artes, com os variados espaços e territórios urbanos.

Para isso, tem como base a cidade e a região metropolitana de Belo Horizonte, espaço que vem conquistando, nos últimos anos, protagonismo na cena do cinema brasileiro independente, sem deixar de olhar para outras cidades brasileiras e internacionais que são representadas em curtas, longas e demais peças audiovisuais.

Com publicação prevista para o segundo semestre de 2022, a Revista terá distribuição gratuita com exemplares físicos e virtuais. Ela também incluirá produções multimídias que cruzem as artes visuais com o cinema, numa vontade de reunir múltiplas expressões e proposições artísticas em torno de um mesmo guarda-chuva.

O primeiro volume da Revista Zanza é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, por meio do Edital BH nas Telas, Fundo 2021 (projeto nº 1345/2021).

Quem somos?

Criado em outubro de 2020, o coletivo Zanza é formado por Diego Silva Souza, Gabriel Araújo, Larissa Muniz e Iakima Delamare, críticos e pesquisadores de cinema mineiros donos de trajetórias diversas na área do audiovisual e da comunicação. O coletivo é resultado de um esforço de investigação, estudo e conversas que buscam evidenciar as diferentes perspectivas de pensar a crítica e o próprio cinema, considerando tanto a diversidade de formas e engajamentos textuais, quanto as inúmeras maneiras e possibilidades de recepção e fruição de uma obra fílmica.

Acompanhe as produções do grupo em https://coletivozanza.com

Serviço

Submissão de textos para o primeiro volume da Revista Zanza
Tema: A cidade no cinema, a arte na cidade
Data de inscrição: de 14 a 31 de março
Previsão de publicação: segundo semestre de 2022

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: